Tem de haver pelo menos um trench coat na nossa vida. Pode começar-se pelo histórico camel, o sempre conveniente preto, ou mesmo um mais ao lado, com padrões, ou cores garridas, como vermelho ou verde. Mas tem de se ter um trench.

Vai do mercado à Ópera, da manhã para a madrugada, sobre um vestido leve ou com galochas e gangas. Dá mesmo com tudo. Muito mais do que uma simples gabardina, um trench é de guerra, passa por todo o lado, todo o ano.

Mangas arregaçadas, cinto num nó, nunca fivelado

Eu vou em três. Comecei pelo camel, tenho-o há anos e aqui está ele, firme. Entretanto juntei-lhe um preto – são ambos Massimo Dutti, com uma óptima relação qualidade-preço. Adoro-os.

Este, com padrão leopardo, veio num capricho, mas com preto e outros neutros vai bem, eu não resisto a um padrão animal!

Aqui ficam algumas sugestões entre os melhores, clique nas imagens para ver melhor:

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.