1 | Não é uma “dieta”. É um regime alimentar. É a primeira definição da palavra dieta, não a segunda. É para a vida, não é para um mês. 

Por ser para a vida, não sigo receitas pré-definidas, nem planos semanais, nem conto calorias. Como o que anda pela minha despensa e frigorífico. 

2 | Não como de 3 em 3 horas. Como quando tenho fome. Mas tento respeitar as três principais refeições e comer alguma coisa a meio da tarde. Às vezes não tenho mesmo fome e então, não como. Um jejum prolongado de vez em quando faz bem. 

3| O meu regime alimentar está em construção. Acho que vai estar em construção toda a minha vida. Eu não acordei um dia e decidi mudar tudo. Tento antes mudar uma pequena coisa de cada vez e deixar assentar. 

4| Identifico-me muito com a dieta paleo, mas não sou radical no que corto. 

Cortar (por enquanto impossível eliminar, mas reduzir ao máximo) com açúcar, batata, cereais processados (sobretudo arroz, trigo, massas) e lacticínios foi a melhor coisa que fiz pela minha digestão. E pele. E energia. 

5 | O meu regime constrói-se com o que lhe acrescento, antes de cortar. E constrói-se de substituições me vez de cortes sem mais. Não é deixar de comer. É comer na mesma, mas melhor. Mais fresco, mais sazonal, mais simples, mais integral. Só compro alimentos bons. E chocolate…

6 | Começar o dia com um copo grande de água morna com limão é um passo que me “limpa” por dentro e isso notou-se imediatamente na minha pele.

7 | Tento beber 2 litros de água por dia. Sumos prensados de fruta com água são óptimos logo pela manhã. 

8 | Tento que uma refeição perfeita comece com sopa, tenha imenso verde, alguma proteína, fruta. 

9| Um dia acaba da melhor forma quando não como nada a seguir ao jantar e durmo muito. 11 horas de jejum seria um ideal diário que de vez em quando acontece, mas é algo que ainda falta alcançar em pleno. Sinto que é das coisas que mais diferença me faria agora.

10| Consistência em vez de perfeição. Se como uma refeição “daquelas” com sobremesa e tudo, que faça bom proveito e jante uma sopa. No dia seguinte é outro dia. 

Este regime tem-me permitido manter um corpo e peso que me deixa satisfeita, sem dificuldade. Se eu diminuir as porções e fizer mais exercício, nunca comer depois do jantar e não comer disparates, perco that extra little sucker. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.