No ano passado experimentei muitos produtos novos, adoro tudo quanto seja novidades em cosmética, seja produtos que nunca experimentei ou as últimas inovações das minhas marcas preferidas – não me corto a nada, o melhor é sempre testar! O #PROJECTO40 veio acentuar essa minha curiosidade e eterna busca por produtos eficazes e inovadores. Felizmente tenho uma pele mista a seca (antes oleosa) não reativa, por isso posso usar muito do que me apetece sem receio de reações malucas.

Resultado, tenho uma #shelfie que nem cabe no frame, de tanta coisa que lá vai… Eu tenho muitos produtos em alta rotação, uns mais queridinhos do que outros, uns mais direccionados para uma estação do ano ou cuidado específico do que outros. Sinto que todos os dias a minha pele pede um produto diferente, sobretudo o rosto, por isso uso muitas coisas diferentes, consoante o mood e as necessidades específicas da pele nesse dia. Às vezes é a minha disposição, outras a forma como a minha pele “acorda”, ou o que vou fazer num dia ou o tratamento que me apetece fazer à noite, ditam a “rotina” do dia. Na verdade, a minha única rotina certa é cuidar de mim todos os dias, hidratando de dia (+ SPF) e depois desmaquilhando sempre e tentando fazer a diferença em termos de cuidado profundo à noite.

De entre as novidades deste ano, houve algumas que se destacaram, sem dúvida, passando para a pole position na minha beauty shelf e levando a promessa de voltar a ser comprado.

Então, aqui fica o meu top 10 de novidades em 2018 de cosméticos para rosto e corpo:

Corpo:

Com o #projecto40 voltei em força aos cuidados de corpo e a Collistar foi uma marca que descobri nos saldos da Sephora e amei à primeira utilização. Os produtos que usei, sobretudo os de corpo, actuam ostensivamente, já tinha falado neles aqui. O Reshaping Mud-Scrub, um esfoliante/máscara de argila, é um dois em um que adoro usar no banho, esfolia a sério, a máscara pica, tudo isso durante o banho com um feeling de spa termal. Já o Crio-Gel Anticellulite da Collistar, em textura gel muito fresca e rapidamente absorvida, foi o anti-celulítico preferido, ideal para usar a seguir ao banho, por provocar efectivamente sensação de frio e ser rapidamente absorvido.

Rosto:

Esfoliante: Eu gosto de esfoliação a sério, daquela que esfola a pele e remove TODAS as células mortas da pele e ainda mais qualquer coisinha. Nada melhor para afinar o grão da pele e deixá-la pronta a absorver os nutrientes que vêm a seguir. Ao meu all time favorite da Clinique, junto este ano o Timewise Microdermabrasion Refine, da Mary Kay, um gel de microdermobrasão de qualidade spa que deixa a pele brilhante e lisa num minuto de utilização ligeira, porque é muito abrasivo, adoro!!

Mais ainda do que esfoliação, este ano já andei em peelings domésticos. O ingrediente estrela deste ano, em termos de esfoliação profunda e renovação celular, foi sem dúvida o ácido glicólico. Este peeling da The Ordinary, é muito potente, sinto-o a fazer imenso efeito, a minha pele é resistente a ele, mas cuidado que ele pica!  (peles sensíveis têm de ter MUITO cuidado). Mas para mim vale a pena, 10 minutos deste peeling e a pele fica lisinha e promete atenuar o aspecto das manchas.

No verão esse peeling entrou em pausa e desde então tenho preferido usar as ampolas de ácido glicólico e vitaminas E e F da Mesoestetic. A sua utilização é muito visível e profunda, mas não é tão agressivo como o anterior, bastando espalhar bem o líquido no rosto e usar um bom hidratante por cima para actuar noite fora. No dia seguinte, acordo sem rugas, pele lisinha, luminosa e esticada, poros mínimos – 5 anos mais nova – nice indeed.

Ainda da Mesoestetic, um preferido deste ano noutra categoria: sérum. De manhã tento usar um sérum com vitamina C (ou ácido ascórbico), para proteger da oxidação e radicais livres. Desde que trouxe o aox Ferulic de Barcelona, passou directamente para a pole position da minha linha de cosméticos e não mais deixei de o usar. Assim que acabar, já tenho outra embalagem pronta a ser usada sem demora. A sua textura é oleosa, mas é rapidamente absorvida, sendo uma base óptima para o hidratante e a maquilhagem, adoro!

Há uns anos eu era fiel ao tónico N.2 da Clinique, mas já o estava a sentir demasiado agressivo para a minha pele. Adoro tónicos refrescantes e que fechem os poros e assim que experimentei a Lotion Purifiante Vinopure da Caudalie, senti que tinha o sucessor perfeito. Este tónico é refrescante sem secar a pele, por causa dos óleos essenciais que estão presentes na sua composição, tem ácido salicílico que fecha os poros e previne borbulhas e imperfeições, deixando a pele leve e fresca. É um gesto que não dispenso de manhã para acordar a pele. Quando acabar, volto a comprar!

Este ano, com a pele mais seca, finalmente descobri os óleos para rosto. Antigamente achava que seriam demasiado oleosos para a minha pele mista, mas vi que há texturas diferentes, umas mais oleosas ou menos absorvíveis do que outras, mas que nenhuma me deixa ficar mal, muito menos com borbulhas ou poros obstruídos, pelo contrário! Descobri o óleo de Onagra no Verão e nas semanas de férias, foi praticamente a única coisa que usei, deixando a pele hidratada, sem brobulhas e nutrida, num instante. A sua textura de óleo seco, rapidamente absorvida permite usar de dia e de noite, sem oleosidade.

Pouco antes já tinha comprado o Midnight Recovery Concentrate da Kiehl’s, que é uma delícia para os sentidos, mas o óleo de Onagra no Verão foi a pedra de toque para definitivamente introduzir óleos na minha rotina de noite, como último passo. A estes óleos somei ainda o Óleo de Rosa Mosqueta e mais recentemente de graínha de uva. Adoro óleos e prometo falar mais deles em breve!

Por fim, o último passo de cosmética que é o primeiro de maquilhagem recebeu um dos meus favoritos deste ano, que já voltei a comprar, a proteção solar mineral da Bioderma, o Photoderm Nude Touch. Tendo cor, substitui a base de maquilhagem ao mesmo tempo que proporciona a proteção mais eficaz contra os efeitos nocivos do sol, a proteção mineral, física, não química. Com tantos produtos potentes que uso à noite, de dia tenho de proteger bem a minha pele, sobretudo entre a Primavera e Outono. Este protector é muito líquido, espalha-se lindamente e ando entre dois tons que vão-se conjugando com o meu tom de pele de inverno e verão. O seu acabamento mate é ideal para evitar a oleosidade que a miha pele tende a criar ao fim de algumas horas, mantendo a proteção e cobertura ao longo do dia.

Vamos ver o que nos reserva este ano, a fasquia está elevada, mas quero muito ser surpreendida!

Facebook Comments

One thought on “OS MEUS 10 FAVORITOS DE 2018 | #PROJECTO40”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.