Quando eu saio de casa maquilhada, a intenção nunca é parecer que estou maquilhada, eu quero parecer que estou descansadinha, linda e vitaminada, mesmo que não tenha dormido nada de jeito na noite anterior. Basicmente, eu quero um filtro da Kylie não virtual, pestanas incluídas. ✨ Coisa pouca! 

O caminho para a make perfeita começa com o cuidar muito bem da pele, para termos uma tela lisinha como base, que não peça mais do que uns toques de cor, destaque e uniformização. 

A minha pele está a passar por uma fase de poucas imperfeições (a luta actual são as manchas, flacidez e rugas, já não borbulhas), o que não precisa de muita maquilhagem. Por outro lado, noto que a minha pele aos 40 anos não aguenta bem muita maquilhagem, tudo se nota, tudo acumula, pesa, envelhece. A minha maquilhagem tem de ser cada vez mais fina e leve, natural.

Há umas semanas conheci a nova linha de maquilhagem da Eisenberg e o seu conceito vai muito por aí – poucos produtos, excelente qualidade, muita naturalidade – e por isso adorei cada produto que experimentei, base incluída.  Milagre!

A busca da base perfeita parece eterna – com o tom igual ao da nossa pele (nem mais escuro, nem mais claro), que alise, que uniformize, que deixe um efeito segunda pele, mas em bom. A juntar à equação, e cada vez mais, que não marque as linhas, que não se acumule nas rugas e poros, que não deixe a pele brilhante nem baça. Que seja um filtro do Instagram, coisa pouca! Cada vez fico mais contente apenas com pós (de preferência mineral), mas há ocasiões em que quero uma cobertura de base líquida. Esta é matificante sem ser pesada, tem alguma cobertura mas um acabamento natural, não acumula em poros e rugas. O tom que eu tenho é mais claro, indicado para o meu inverno, mas uns pós bronzeadores dão-lhe um toque de verão sem dificuldade. Antes mais claro do que mais escuro!

Les Essentiels diz tudo o que devemos procurar na maquilhagem a partir dos 35/40 anos

#yourselfandbetter

Uns toques certeiros de maquilhagem para realçar o nosso melhor, tirar o olhar do que não está no seu melhor. Nós, ainda mais giras.

Por isso é que vale a pena o destaque que aqui lhe dou: a linha tem poucos produtos (eu recebi os três abaixo) – primer aperfeiçoador e alisador, base, corrector (não cheguei a experimentar mas tenho imensa curiosidade), batom e máscara de pestanas. A atenção vai mais para a pele, o que já vem dos cuidados cosméticos, que se quer aperfeiçoada. Depois da pele perfeita, acredita a Eisenberg que basta-nos as pestanas alongadas e volumosas e um toque de cor nos lábios que podemos estender às maçãs do rosto, uniformizando os tons (um truque que sempre usei). Não podia identificar-me mais com isto!

Tenho gostado imenso de usar estes produtos, sobretudo o primer e a base. O batom parece vermelhão mas não, é antes um bálsamo com cor ligeira.

Recomendo que experimentem as texturas e o conceito destes essenciais na vossa Perfumes e Companhia mais próxima (é um exclusivo dela), acho que vão gostar!

Se queres saber como posso ajudar-te, vê aqui.

INSTAGRAM   |   BLOGLOVIN   |  FACEBOOK

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.