Isto das botas brancas (e sapatinho) é tudo muito bonito, até ao primeiro risco. Depois do primeiro risco, do primeiro vinco, do primeiro mínimo sinal de uso e desgaste, voltam a ser as abóboras do reino dos sapatos. Porque no fundo não, não é tudo muito bonito, a botinha branca não se livra da sua alma pinderiquita. 

Se ainda fossem sandálias, tudo bem, ou ténis, absolutamente fantástico, mas o botim branco a contrastar com o resto da farpela e ainda por cima para usar no tempo frio, em que as intempéries causam estragos num ápice, está a pedir por um mau destino…  (esquecer o quase verão actual, eu não podia mesmo deixar de falar nisto, apesar de felizmente já parecermos fora de perigo…)

Será que estamos livres de perigo? Não me digam que vai haver o botim branco de Verão! O botim branco de 2018?! Que esta seja uma moda fogacho, por favor! As hipóteses são altas, afinal de contas, ninguém vai querer estender por outro inverno uns botins com um ar estafado de três utilizações, e nós agradecemos.

INSTAGRAM   |   BLOGLOVIN   |  FACEBOOK

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.